h1

Todos nós nascemos originais e morremos cópias “CG Jung”

05/02/2010

Assim como os arquétipos criam imagens ou visões que correspondem a alguns aspectos da situação recorrente, trago até aqui um dos meus, talvez compartilhado no coletivo social ou quem sabe recluso no inconsiente reprimido … sinceramente venho na ordem do caos, sem saber um proposito ou um simples “porque” … venho trazer talvez inutilidades, talvez um pouco de diversão ou reflexão, ou ainda quem sabe venho não para mostrar algo e sim para encontrar algo que sem saber estou a procura … por fim … me faço valer pela frase :

Erros são, no final das contas, fundamentos da verdade. Se um homem não sabe o que uma coisa é, já é um avanço do conhecimento saber o que ela não é. C.G. Jung

Não consigo me expressar em 140 caracteres, mas consigo dizer o quanto amo alguém em milésimos de segundos pelos quais possa olhar para dentro de seus olhos.

Espero, ou não, alguma conclusão futura desta minha opção, ou ainda quem sabe eu vá me esquecer que este lugar existe ou que eu ainda deixe de existir, mas neste momento, estive aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: